Entre os dias 26 e 28 de novembro, foi realizada mais uma etapa da Operação Hoplitas. As ações efetuadas pelos agentes da Brigada Militar (BM) têm como objetivo combater à criminalidade em todo o Estado, reduzindo o número de homicídios, latrocínios e crimes contra o patrimônio.

Só na região foram abordados 318 veículos, sendo identificadas 506 pessoas. Dessas, 11 foram presas. As prisões foram efetuadas em Arroio do Sal, Capão da Canoa, Imbé, Tramandaí e Xangri-lá. Além disso, outras 10 foram autuadas e precisaram assinar termos circunstanciados. Ao todo, foram apreendidas aproximadamente 300 gramas de drogas como crack, cocaína e maconha, além de duas armas de fogo, munições, objetos e uma quantia em dinheiro.

HOPLITAS – A Operação realizada pela Brigada Militar ganhou esse nome em alusão aos soldados de infantaria da Grécia Antiga, os quais utilizavam de um grande escudo para lutarem nas batalhas: o Hóplon. Daí o nome, Hoplitas. Notabilizados pela disciplina, espírito de corpo e elevado grau de treinamento, os hoplitas simbolizam o espírito guerreiro de uma tropa no enfrentamento de quaisquer adversidades, lutando lado a lado para formar uma linha em defesa de seu povo.

Foto: BM


There is no ads to display, Please add some