A Secretaria Estadual de Saúde (SES) entregou na manhã desta terça-feira (22), um Selo de Vacinação aos 312 municípios e a nove Coordenadorias Regionais de Saúde (CRSs) que atingiram a meta de vacinar 95% do público-alvo durante a Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite e Multivacinação em 2020. “A vacinação é um dos grandes atos de saúde pública”, falou a secretária da Saúde, Arita Bergmann, aos prefeitos dos municípios homenageados. “Queremos reconhecer o trabalho realizado na atenção básica de saúde”, completou. A diretora do Departamento de Ações em Saúde, Ana Costa, disse que a SES é muita grata pelo esforço dos gestores e dos profissionais que trabalham nos postos de saúde pelo esforço em conscientizar a população da importância de se vacinar crianças e adolescentes: “É preciso mudar o cenário das baixas coberturas vacinais, pois elas salvam muitas vidas”.

A presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems/RS), Cláudia Daniel, saudou os vacinadores e as equipes profissionais, em especial aos enfermeiros, que fazem as campanhas acontecerem. “Também agradecemos a parceria entre o Estado e municípios, este é um trabalho realizado a muitas mãos”, falou a presidente. Já a vice-presidente da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), Fábia Richter, ressaltou o grande desafio que será imunizar a população gaúcha contra a Covid-19 no próximo ano.

LITORAL NORTE

Ao todo, 12 das 23 cidades do Litoral Norte conseguiram cumprir a meta de vacina contra a poliomielite, como foi o caso de Torres, que conseguiu atingir 150,92% dos vacinados; muito acima de outras da região, como é o caso de Osório, por exemplo, que atingiu aproximadamente 70% do número de vacinados. Torres ficou em primeiro lugar entre as que possuem entre 10 e 50 mil habitantes. O prefeito de Torres, Carlos Souza, disse que esta é uma ação “muito bonita da SES”, pois valoriza quem efetivamente se dedica à saúde pública. No geral, o município que teve a maior porcentagem de vacinação foi Pinto Bandeira, na Serra. A cidade que possui pouco mais de três mil habitantes conseguiu atingir 289,66% de vacinados.

Outras nove cidades do Litoral também ultrapassaram a marca dos cem por cento vacinados contra a pólio. São elas: Arroio do Sal (123,81%), Balneário Pinhal (120,53%), Imbé (119,77%), Dom Pedro de Alcântara (115,56%), Morrinhos do Sul (110%), Três Cachoeiras (108,18%), Tramandaí (108,12%), Mampituba (105,1%) e Terra de Areia (103,19%). Os outros municípios da região que também receberam o Selo de Vacinação da SES foram Mostardas e Capivari do Sul. O primeiro conseguiu atingir a marca de 99,83% de vacinados. Já o segundo, teve 99,5% das crianças vacinadas.

Campanha de vacinação

Em 2020, a média da cobertura vacinal contra a poliomielite no Rio Grande do Sul foi de 82,9%. Apesar de não ter atingido os desejados 95%, 312 municípios e 9 CRSs alcançaram a meta, a maioria deles com população abaixo de 10 mil habitantes ou até 50 mil habitantes. Contra a pólio, o público-alvo foi formado por crianças até 5 anos de idade, e na Multivacinação o objetivo foi colocar em dia a caderneta de vacinação de todas as crianças e adolescentes até 15 anos de idade, de acordo com as indicações do Calendário Nacional de Vacinação. Além de aumentar as coberturas vacinais, também visava diminuir ou controlar a incidência de doenças imunopreveníveis como tétano, sarampo e febre amarela.

Foto: Marília Bissigo