A prefeitura municipal segue realizando medidas para evitar a aglomeração de pessoas em pontos estratégicos da cidade. Após ter fechado a rampa de acesso ao Morro da Borússia no último dia 22 de abril, na última sexta-feira (8) foi a vez de interditar o acesso ao complexo da Lagoa do Marcelino.

Segundo o secretário municipal de Segurança Pública e Trânsito, o coronel Ricardo Cardoso, “mesmo com campanhas dos fiscais (da prefeitura) e a atuação da Brigada Militar, nada foi suficiente para que as pessoas evitassem a aglomeração, sendo assim, necessária a aplicação dessa medida para que possamos preservar e zelar pela saúde da coletividade”, declarou o secretário.

Vale ressaltar que a prefeitura osoriense recomenda a saída dos moradores apenas quando necessária, sempre com o uso obrigatório de máscara. Além do Decreto Municipal válido a duas semanas, no último domingo (10) o governador do Estado Eduardo Leite, também realizou um decreto, passando a ser obrigatória a utilização de máscara em todo o território gaúcho.

FOTO: PMO