Entre os dias 20 e 22 de novembro, o município de Santo Augusto, no Norte do RS, foi sede do 57o Congresso dos Jornais do Interior do Rio Grande do Sul. Estiveram presentes no evento diversos jornais de todas as regiões do Estado, incluindo o Jornal Momento, aqui de Osório. Representando o jornal, estiveram o Editor do Jornal, Omar Batista Luz, e o repórter Lucas Rodrigues.

A programação iniciou-se na tarde de sexta-feira (20), com um Workshop realizado por Eduardo Tessler, com o tema: ‘O novo modelo de negócios de um jornal’. Durante a explanação, o jornalista debateu sobre os seguintes assuntos: Como transformar um jornal numa empresa de comunicação; Como o digital entra na vida de um jornal; e Como reinventar o negócio, sem perder o DNA do jornalismo. A abertura oficial ocorreu na noite de sexta, com a realização de um jantar. Entre as autoridades, estiveram presentes os presidentes da Adjori-RS, Jair Francisco de Souza; da Adjori-SC, José Roberto Deschamps; o diretor cultural da Adjori-RS, Delair Francisco Koch; o superintendente de Comunicação e Cultura da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, Alexandre Farina; entre outros.

A programação seguiu no sábado (21) pela manhã, onde o diretor executivo do Grupo A Hora, de Lajeado, Adair Weiss, comandou um Workshop com o tema ‘Como sobreviver e fortalecer o mundo da comunicação nas pequenas regiões’. Logo após, Weiss, juntamente com Tessler e a diretora do Jornal O Alto Uruguai, de Frederico Westphalen, Patrícia Cerutti, participou de uma mesa redonda, onde foram debatidos todos os setores de um jornal e demonstrados cases de cada área.

No sábado a noite, foram conhecidos os vencedores do 3º Prêmio Adjori-RS de Jornalismo. O evento foi realizado no Restaurante Andréia Gourmet. Ao todo, 10 jornais disputaram as sete categorias. As categorias desse ano foram: Apresentação Gráfica, Caderno Temático, Coluna/Crônica, Editorial, Fotografia, Reportagem e Anúncio. Os campeões de cada categoria receberam um troféu e os segundos e terceiros um certificado de Menção Honrosa. No final foram conhecidos os três melhores jornais do ano de 2019, os quais receberam troféus de bronze, prata e ouro.

O grande prêmio ficou com o Jornal O Estafeta de Veranópolis, o qual também venceu a categoria de melhor Reportagem. O segundo lugar ficou com o Correio Livre de Nova Prata, o qual também venceu as categorias Coluna/Crônica e Fotografia. Já o terceiro lugar ficou com o jornal Gazeta da Serra de Sobradinho, o qual também ganhou a categoria Caderno Temático. Também venceram categorias os jornais O Celeiro de Santo Augusto (Anúncio) e A Gazeta de Campo Bom (Apresentação Gráfica). A noite foi encerrada com a distribuição de brindes, apresentações musicais de artistas locais e um jantar para os presentes.

O 57o Congresso dos Jornais do Interior do Rio Grande do Sul teve como patrocinadores oficiais o Banco do RS (Banrisul) e a Assembleia Legislativa do Estado. O apoio ficou por conta da Sicredi, CR Diements, Grápia, Grafix e Sebrae. Em 2021, a 58a edição do Congresso dos Jornais do Interior do Rio Grande do Sul, deve acontecer em Gravataí (ainda sem data prevista), na região Metropolitana, em comemoração aos 45 anos de fundação do Jornal Folha do Vale de Gravataí.

A seguir veja os ganhadores do 3º Prêmio Adjori-RS de Jornalismo:

Anúncio: O Celeiro (Santo Augusto)

Apresentação Gráfica: A Gazeta (Campo Bom)

Caderno Temático: Gazeta da Serra (Sobradinho)

Coluna/Crônica: O Correio Livre (Nova Prata)

Editorial: O Estafeta (Veranópolis)

Fotografia: O Correio Livre (Nova Prata)

Reportagem: O Estafeta (Veranópolis)

BRONZE: Gazeta da Serra (Sobradinho)

PRATA: O Correio Livre (Nova Prata)

OURO: O Estafeta (Veranópolis)

Da esquerda para direita: Eduardo Tessler, Patrícia Cerutti e Adair Weiss durante a mesa redonda.

O Estafeta de Veranópolis (centro), Correio Livre de Nova Prata (esquerda) e Gazeta da Serra de Sobradinho foram os grandes vencedores da noite.

O presidente da Adjori-RS, Jair Francisco de Souza.