Agentes da Penitenciária Modulada de Osório (PMO) aderiram à greve da categoria, definida nessa segunda-feira, contra o pacote de medidas do governo Sartori em votação na Assembleia Legislativa, em Porto Alegre. Na manhã desta terça-feira, um grupo ficou mobilizado em frente á cadeia, que recebe detentos de todo o Litoral Norte.

Segundo diretores do Sindicato da categoria, são mantidos apenas serviços básicos na Penitenciária, como alimentação e banho de sol dos apenados.  Eles preveem ainda que devem ser suspensas as visitas, as escoltas e as transferência e que pode ser afetado, inclusive, o ingresso de novo presos na PMO.

A mobilização é realizada em todo o Estado e atinge diversas casas prisionais. Agentes penitenciários do Litoral Norte também participam de vigília em frente a Assembleia Legislativa durante a votação dos projetos. Entre as propostas do governo está o aumento da contribuição previdenciária, a retirada de data fixa para pagamento dos salários dos servidores e a extinção de órgãos públicos.

 

 

 

365News