A chuvarada deste início de semana é só o prenúncio do que deve vir pela frente. De acordo com a Metsul Meteorologia, nos próximos 15 dias alguns pontos do Rio Grande do Sul podem ter de 300 milímetros (mm) a 400 mm. O que gera alerta para enchentes.
Segundo a Metsul, não choverá o tempo todo, mas os temporais serão frequentes no período. Como no caso desta segunda-feira que tem chuva torrencial, raios, granizo e vento forte em diversas regiões gaúchas, já provocando transtornos como alagamentos, falta de energia e queda de árvores. Isoladamente os temporais podem ser severos e causar danos.
De acordo com leitores houve queda de granizo, na madrugada, em pontos isolados de Canoas, Esteio, Estância Velha, Nova Santa Rita, Novo Hamburgo, São Leopoldo e Porto Alegre.

Inmet alerta para ventos de 100 km/h

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta que classificou como “perigosa” a tempestade que deve atingir a região Sul, Central e Missões nesta segunda-feira. Segundo o Inmet, pode chover entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia. Já as rajadas de vento podem variar de 60 km/h a 100 km/h. Devido ao forte vento, há risco de queda de energia, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos.
O Inmet alerta ainda para que, em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Além disso, se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia.
Em caso de algum incidente, entre em contato com a Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).