Amlinorte_SextaNa manhã dessa sexta-feira, dia 23 de outubro de 2015, os prefeitos da região se reuniram na Assembleia Geral da Amlinorte e apresentaram um panorama sobre a situação das cidades após as fortes chuvas dos últimos dias. O secretário de Planejamento de Santo Antônio da Patrulha, José Carlos dos Santos Oliveira, informou que cerca de mil casas foram atingidas pelos fortes temporais, com chuvas de granizo, registrados na última semana. A cidade também está enfrentando alagamentos, por causa dos arroios que norteiam, e estão fazendo levantamento dos prejuízos.

O prefeito de Capão da Canoa, Valdomiro de Matos Novaski, disse que a secretaria de Assistência Social do município reuniu donativos que foram enviados a Santo Antônio da Patrulha e Caraá, também muito atingida pelas intempéries climáticas. Em Capão da Canoa, o pior estrago foi com os alagamentos e a consequente destruição das vias. O vice-prefeito de Tramandaí, Clayton Ramos informou que a cidade está sofrendo com as inundações, várias vias ainda interrompidas e com muitos buracos. O prefeito de Tavares, Flavio de Souza, também falou sobre as perdas, inclusive nas plantações de arroz, que foram atingidas pelo volume das águas.

O prefeito de Três Forquilhas, Paulino de Azevedo, reclamou da questão das estradas, cuja RS que liga a BR 101 está com muitos buracos. O secretário da Fazenda de Maquiné também se manifestou alertando sobre as dificuldades das estradas da região. Os prefeitos ainda trataram na reunião sobre o sistema de vídeo monitoramento ligado ao Consórcio Público Amlinorte.

O presidente Paulo Lang também aproveitou o momento para lançar o primeiro informativo da entidade, em parceria com o Jornal Zero Hora, que teve circulação encartada nessa quinta-feira para as regiões de Porto Alegre, Viamão, Litoral Norte, Vale dos Sinos, Serra e Santa Cruz do Sul mostrando as belezas naturais de nossa região.