Mais 10 leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Sistema Único de Saúde (SUS) foram abertos no Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), em Osório, nesta quarta-feira (13). A inauguração contou com a presença da secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann, e do governador, Eduardo Leite. “Seguimos empenhado em garantir atenção aos municípios tanto na questão da alta complexidade, com novos leitos de UTI SUS, quanto na prevenção à Covid-19 por meio distanciamento, que ainda é fundamental para que possamos reduzir o nível de contágio e a demanda hospitalar. Até que o Ministério da Saúde faça a habilitação desses leitos, o Estado vai garantir os recursos necessários para o funcionamento das novas UTIs”, destacou o governador Leite.

Esse foi o segundo reforço na estrutura hospitalar de Osório, desde o início da pandemia, com abertura de leitos. Em abril do ano passado, outros 10 leitos já haviam sido inaugurados. Na região de Capão da Canoa, a qual abrange os 23 municípios da região, o número de leitos de UTI adulto pelo SUS subiu para 61, o que equivale a um acréscimo de 135% desde o início da pandemia (em março de 2020).

A medida vai aumentar a capacidade de internação de pacientes graves em uma das regiões que mais recebe pessoas de outras áreas e até de fora do Estado neste período do ano. De acordo com a direção do hospital, a população dos municípios no entorno que acaba utilizando a estrutura em Osório costuma saltar de 480 mil pessoas para 1,3 milhão no verão. A ocupação das UTIs até o final desta quinta-feira (14), estava em aproximadamente 90%.

Em todo o RS, com a abertura ou reativação de 100 leitos de UTI SUS, iniciada nessa semana, além de mais outros 68 de retaguarda, a ampliação na estrutura de internação de pacientes graves já alcançou quase 115% – de 933 em março de 2020 para 2.018 em janeiro de 2021.

FOTO: Gustavo Mansur