17909762O Ministério Público e a Vigilância Sanitária apreenderam 51 toneladas de alimentos estragados ou sem procedência, no Litoral Norte, em 2016. Ao todo, foram inspecionados 122 estabelecimentos e 53 foram interditados. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (3).
As principais cidades alvos da ação foram Tramandaí, Capão da Canoa e Torres. Durante a edição deste ano do programa Segurança Alimentar, foram constatados 91 estabelecimentos com irregularidades. Pelo menos três pessoas foram presas. Em um dos casos, o dono de um restaurante de Capão da Canoaseparava em sacolas o que sobrava de um buffet para reaproveitamento no dia seguinte.
Ao longo deste ano, os órgãos devem fazer uma operação também na Região Metropolitana e Interior.

GAÚCHA

There is no ads to display, Please add some