A fim de manter a população alerta aos focos de Aedes aegypti, a Vigilância Ambiental informa que foram identificados mais nove focos no Bairro centro, sendo os pequenos recipientes plásticos e latas, os mais encontrados, pois não foi realizado o descarte correto desse material, que ficou exposto à chuva.

Isso confirma que há ovos do mosquito no ambiente, aguardando temperatura e umidade para recomeçar o ciclo. Por tanto é necessário limpar com bucha e sabão, escovando as bordas para eliminar os ovos.

A Vigilância reforça pedidos à comunidade para colaborar na eliminação de recipientes e principalmente alerta sobre os sintomas da Dengue, Zika e Chikungunya. Sintomas de febre, dor no corpo, manchas avermelhadas na pele, dor no fundo dos olhos, fraqueza, consultar a sua unidade de saúde.

Também é importante alertar que municípios vizinhos também estão positivos para o Aedes aegypti, assim como a grande Porto Alegre, e a transmissão pode acontecer em qualquer cidade dessas: Tramandaí, Imbé, Cidreira, Capão da Canoa, Arroio do Sal, Três Cachoeiras, Torres, Santo Antônio da Patrulha, Mostardas.

Nº de focos em 2019:

Centro – 37

Sulbrasileiro – 29

Primavera -24

Caravágio- 22

Glória- 20

Albatroz-13

Farroupilha- 7

Pitangas- 4

Porto Lacustre- 2

Vila Petrobrás- 1

Parque Real- 1

Bosques de Albatroz -1.


There is no ads to display, Please add some