gasolinaO ano de 2016 chegou com reajuste da gasolina para os gaúchos. Isso porque passou a valer, nesta sexta-feira (1º), o reajuste de ICMS aprovado em meio ao pacote fiscal enviado pelo governo à Assembleia Legislativa na segunda-feira (28), que provocou aumento de cerca de R$ 0,30 nas bombas de combustível. Por conta disso, teve início uma corrida dos motoristas em busca de postos sem reajuste.

Com o aumento do imposto o preço da gasolina deve chegar a R$ 3,99. Logo pela manhã, postos já apresentavam o novo preço. “Acho um absurdo, tá pior que o dólar, quase”, disse o aposentado Caizar de Lima.

O valor é tão alto que algumas pessoas, como o analista técnico Diego Gomes, têm optado por meios de transporte mais baratos. “Melhor optar pela saúde e pegar a bicicleta e evitar o carro um pouquinho”.

“Procuro usar só o necessário, eu evito os passeios, o que eu posso fazer a pé eu faço… eu uso o carro quando preciso carregar alguma coisa, ou quando vou sair com amigos, quando é mais distante, mas procuro economizar”, afirma o artista plastico Mario Koch.

Há um ano, os postos de Porto Alegre vendiam gasolina por R$ 2,92, conforme pesquisa realizada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Em dezembro de 2015, os reajustes elevaram o valor para R$ 3,65, e, agora, a partir de 2016, esse valor chega a quase R$ 4.

O impacto para quem precisa ficar rodando pela cidade, como é o caso dos taxistas, é ainda maior. “Está alto demais, quase R$ 4 no valor da gasolina, fica difícil o cara rodar na rua e, às vezes, o passageiro fala que não tem táxi na rua, é que a gente não pode ficar rodando por causa do gasto”, afirma o taxista Gilnei Gomes da Silva.

Na cidade de Santa Rosa, no noroeste do Rio Grande do Sul, o valor da gasolina chegou a R$ 4,21. A previsão é de que até a segunda-feira (4) o reajuste já tenha sido repassado para os consumidores em todos os postos de combustíveis. A situação é a mesma em Passo Fundo, no Norte do estado.

Em Porto Alegre muita gente sai em busca do preço antigo nas bombas. Em cidades como Canoas e Sapucaia do Sul, na Região Metropolitana, é possível encontrar preços de R$ 3,54 e R$ 3,49, respectivamente. Em Caxias do Sul, na Serra, os valores são de R$ 3,59 e R$ 3,79, ainda sem reajuste.

 

fonte: G1