17216584Não é apenas para os veranistas que os dias de sol, pouco vento e água clara registrados no Litoral Norte estão convidativos. As águas vivas também afluíram em peso para a orla neste início de temporada, mais numerosas que os argentinos.

Na manhã desta quarta-feira, que registrou 33ºC, os salva vidas das guaritas 77,76,75 e 74 de Capão da Canoa tiveram de cravar a bandeira de cor roxa, usada para delimitar os locais com infestação das mães d’água. Ao longo da extensão dos quatro postos de observação, foram mais de 60 ataques.

— Só durante a manhã foram mais de 30 ocorrências de queimaduras aqui na nossa guarita. Muitas delas, em crianças. Colocamos o aviso para alertar, mas mesmo assim as pessoas assumem o risco e entram no mar — contou o sargento José Alex Antunes, que fica de guarda no posto 75.