Um barco de 18 metros de comprimento encalhou na madrugada desta quarta-feira a cerca de 200 metros da plataforma de pesca de Cidreira e a 300 metros da beira da praia. A embarcação continha quatro pescadores e todos foram salvos sem ferimentos com a ajuda de servidores da Agência da Capitania dos Portos de Tramandaí e Bombeiros.

Três deles nadaram até a praia e o quarto, o comandante da embarcação, precisou ser retirado com o auxílio de um bote salva vidas. Eles foram atendidos por servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e passam bem.

“O mais importante é que nenhum dos tripulantes sofreu ferimentos e não houve vazamento de óleo no mar. A partir de agora, vamos instaurar inquérito para averiguar as causas determinantes do ocorrido”, revelou o Capitão de Corveta, Darcy da Cunha Dalbon, responsável pela Capitania de Tramandaí.

Equipamentos da prefeitura de Cidreira irão ajudar a desencalhar a embarcação - Foto: Leandro Miranda / Correio de Imbé / Divulgação / CP


Equipamentos da prefeitura de Cidreira irão ajudar a desencalhar a embarcação – Foto: Leandro Miranda / Correio de Imbé / Divulgação / CP

Uma equipe da Capitania está no local acompanhando e orientando o desencalhe do barco. Como ele encostou o casco na areia, a tendência é que tenha ocorrido avarias. Como existe o risco de afundamento, já que a estrutura da embarcação pode ter sofrido problemas, a opção foi não desencalhar puxando na direção contrária da beira da praia. A Patrulha Ambiental (Patram) também foi acionada para fazer uma fiscalização no barco.  

Duas máquinas da prefeitura de Cidreira utilizarão um cabo de aço prendido a proa do barco para trazer a embarcação até a beira da praia. A previsão é que o trabalho dure toda a tarde de quarta-feira.

Informações do site Correio do Povo /  Foto: Leandro Miranda / Correio de Imbé