BMar_05A Avenida Beira-Mar de Tramandaí está em situação precária. A reportagem da Rádio Jovem Pan News – Litoral constatou que no trecho entre a Avenida da Igreja e Avenida Atlântica há uma série de problemas que causam transtornos e afugentam veranistas. Em frente à Praça General Muller, o espaço do antigo Panorâmico está completamente degradado com ferros expostos a ferrugem, concreto quebrado e matérias como pedras e tijolos largados no espaço. Ao longo de todo este trecho do calçadão centenas de lajotas estão quebradas. No calçamento junto ao muro de arrimo há espaços em que não tem como os usuários circularem. Escadas de acesso a areia ou são inexistentes ou estão colocando em risco a saúde de quem as utiliza. Até mesmo placas públicas estão caídas e jogadas no chão.

Os quiosques ao longo da Beira-Mar estão fora do padrão, alguns com acúmulo de materiais de construção e outros viraram moradia de andarilhos que desfilam com seus carrinhos de supermercados espalhando sujeira. Há também locais que são utilizados como banheiros, deixando um rastro de odor.BMar_08

Recentemente o secretário de Turismo de Tramandaí. Rojoel Simas do Amaral, disse que a Avenida Beira Mar é realmente uma vergonha para o município, mas que esperava uma solução da Secretaria de Obras.

Outro ponto que está causando preocupação, principalmente a motoristas é um buraco na Ponte Giuseppe Garibaldi no sentido Tramandaí Imbé. O buraco tem cerca de 1 m de diâmetro e aumenta a cada dia. Como a ponte é de responsabilidade do Daer as autoridades municipais não tomam providências de fechar o mesmo.