MINISTRA da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alvesreuniu uma comitiva com técnicos do Ministério da Saúde e de Ciência e Tecnologia para conhecer o trabalho do Hospital Regional Tibério Nunes. Localizado em Floriano no Piauí. Lá o médico Justino Moreira tem alcançado êxito no combate a Covid-19 na recuperação de infectados. A orientação recebida pelo médico partir da médica Marina Bucar Barjud que trabalha na linha de frente contra o Covid 19 no Hospital HM Puerta del Sur, em Madrid, na Espanha. Entre as medidas está o uso de hidroxicloroquina, azitromicina e corticoides. Isto ocorreu nesta quinta-feira e por coincidência o ministro Taich caiu nesta sexta. Resta saber do que se trata e dependerá do novo ministro da Saúde que poderá fixar protocolo de medicação.

DIANTE do quadro de isolamento social que depois tornou em confinamento das pessoas em casa cada dia os casos de contaminação foram aumentando. Pior tem sido a incidência de casos de suicídio onde no estado onde de janeiro a maio já houveram 400 casos e isto pode vir a aumentar com o isolamento. O maior medo do sistema de saúde é de não atender os casos de Covid 19, impedindo que ocorra a imunização pela “imunidade de rebanho”. Quanto mais pessoas expostas à contaminação menor serão as perdas humanas. A explicação está no fato de que se em 10 pessoas sem imunidade tiver uma no meio infectada serão 10 contaminados. Se num grupo de pessoas já imunes pelo contato com o vírus onde 8 já estão com o coronavírus e duas não haverá somente a contaminação de duas que poderão também serem assintomáticas. Alguns países assim procederam como foi o caso da Bielorrússia. A Inglaterra assim foi no começo e depois decidiu mudar para o isolamento e os casos dispararam. Por isso muitos defendem o isolamento vertical e as demais seguem a vida na normalidade seguindo regras de distanciamento social. Desta forma a economia gira e empregos voltam a existir.