ENQUANTO prefeitos e governadores brincam de fechar e abrir comércio a população aproveita para passar o fim de semana nas praias ou em churrascos com amigos. Os absurdos são tão grandes de alguns, como foi o caso de lockdown em Pelotas e que alguns querem implementar em suas cidades. As evidências científicas do isolamento caem por terra quando ocorre casos como o da família de São José dos Ausentes onde um familiar infectado contaminou todos e vieram a falecer cinco destes. A prevenção está em cada indivíduo assumir que tem de ser precavido, o vírus é invisível.

FIM de semana no litoral foi de intensa movimentação. Osório teve uma movimentação muito além do normal em razão do Dia dos Pais. Quem viu certamente não considerou que houvesse pandemia, mas sim dias de liberdade, algo que muitos estavam até esquecendo da luminosidade do sol. Resta saber se nos próximos dias este final de semana traga resultados negativos para o índice de contaminação, como foi no pós dia dos namorados. Está na hora de verificar com os contaminados a possível origem do ponto de contágio, o que certamente não está no comércio aberto e nem em bares e restaurantes, pois estes são refúgios protegidos, higienizados e de distanciamento.