PDT ainda não conseguiu lançar seu novo pré-candidato (a) depois da saída estratégica do vereador Emerson Magni. Tudo indica que o efeito desta bomba causou estragos nas pretensões políticas da administração. Contudo há quem aposte que possa vir a ser o presidente municipal do PDT, o Kalu e até mesmo a professora e secretária da Educação Lourdes Helena certamente contando com o apoio do professorado. O tempo está se esgotando e certamente negociações deverão ocorrer onde Eduardo Renda ou Martim Tressoldi possam vir a serem potenciais candidatos da situação, mesmo estando em outra sigla partidária. É partir para o tudo ou nada.

ATÉ o momento existem os pré-candidatos, Roger Caputti (MDB); Hélio Bogado (PSB) e Martim Tressoldi (PSDB). O silêncio do PP sobre o assunto pode ser da possibilidade do lançamento da candidatura de Eduardo Renda que até hoje não obteve a cadeira de prefeito pelo voto como cabeça de chapa.

PANDEMIA também nas finanças de municípios e estados. Os bilhões liberados pelo governo federal para o combate à pandemia serviram para gastos dos mais diversos. No estado foi para pagar folha salarial do funcionalismo que não teve nenhum corte salarial por conta da quarentena, e pouco usado para compra de medicamento e contratação de médicos para atender aos pacientes. Nos municípios, o que se inclui Osório foram realizadas compras superfaturadas com empresas amigas com dispensa de licitação e até de pesquisa de preços. Ou seja, enquanto o povo é confinado e aumenta casos de morte governadores e prefeitos pensam em dividendos políticos com a proximidade das eleições.

CIDADE de Pelotas passou a ser uma vergonha nacional depois da decretação do lockdwm no final de semana. Com 242 mil habitantes a cidade recebeu do governo federal R$ 44 milhões para enfrentamento da pandemia e manteve 30 leitos de UTI que já existiam. Maior parte do valor foi para pagamento de despesas da gestão municipal e uma parcela de R$ 2,4 milhões para a Saúde e Assistência Social. Na cidade há duas universidades com faculdade de medicina e não tem médicos intensivistas para mais leitos. O orçamento da cidade é de R$ 1,2 bilhão e mesmo assim precária no serviço de saúde.