policia-bandUma policial militar, que estava atuando no reforço da Operação Golfinho, foi presa , nesse domingo, ao chegar para trabalhar no quartel do 2° Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas, em Capão da Canoa. A brigadiana estava embriagada e com parte da farda molhada.

Superiores perceberam sinais de embriaguez, inclusive pelo hálito da PM, e ela foi submetida ao teste do etilômetro. O equipamento apontou que 0, 51 miligramas de álcool por litro de sangue.  A soldado foi atuada em flagrante por crime militar e levada para o Presídio Militar em Porto Alegre.

A arma  da brigadiana foi apreendida. Ela é lotada em Uruguaiana, na Fronteira Oeste.