A imagem pode conter: 1 pessoa, chapéu e close-up

De autoria do Vereador Rossano Teixeira, a Câmara de Vereadores de Osório aprovou na Sessão Ordinária desta segunda-feira, dia 19 de dezembro, o Projeto de Lei nº 067/2016 que denomina de Ademir da Silva Brum, o prédio institucional localizado junto ao Mirante no Morro da Borússia, no Município de Osório.

Ademir da Silva Brum nasceu em 28 de janeiro de 1950 em Osório e faleceu em 08 de junho de 2012, aos 62 anos. Começou a trabalhar como locutor na Rádio Osório no ano de 1964, com 14 anos. Trabalhou também no Sindicato Rural e IBGE, antes de ingressar na CEEE em 1974, onde se aposentou como eletricitário, em 1988.

Casado com Nilce Schwalb Becker Brum teve dois filhos, Mateus e Renan Becker Brum.

Ademir foi um grande colaborador dos eventos sociais e culturais da cidade. Após se aposentar na CEEE, assumiu a coordenação da Vila Olímpica, e durante o período que exerceu a função, participou efetivamente da criação de projetos de socialização e integração de crianças e adolescentes de baixa renda.

No Espaço Cultural Conceição, foi inicialmente, vice e posteriormente Presidente da entidade, com importante contribuição em trabalhos de incentivo à cultura e resgate de aspectos histórico-culturais de Osório.

Apaixonado por futebol, colorado de coração, era figura cativa nos democráticos “cafezinhos” do centro da cidade. Foi sócio do GAO, sócio e membro do Conselho Deliberativo do Sulbrasileiro, mas era na diretoria do Clube Atlético Milionários que se dedicava integralmente às atividades ligadas ao Clube.

Brum ou “veio”, como era conhecido por muitos, exerceu por hobby, nos últimos anos de sua vida, a locução na Rádio Osório, e crônicas no Jornal Momento, onde tinha uma coluna semanal sobre temas do cotidiano da vida das pessoas.

Os Vereadores, que por unanimidade aprovaram este projeto, homenageiam Ademir da Silva Brum, na certeza de que é um grande merecedor desta deferência.