Nesta quarta-feira (9), a CCR Viasul realizou o içamento de uma nova passarela na BR-101. A obra ocorre no quilômetro quatro da BR-101, no município de Torres. A concessionária também está realizando adequações em outra estrutura previamente instalada, no quilômetro seis da rodovia. Para a realização da operação de içamento, o tráfego da pista no sentido Sul foi desviado para a rua lateral. Já no sentido Norte, foram realizados dois bloqueios totais, com tempo máximo de 10 minutos cada.

Ao todo, vão ser instaladas 32 novas passarelas durante a concessão da CCR, sendo 10 delas (todas com obras iniciadas) na BR-101. Até fevereiro de 2022 a concessionária deve finalizar ainda outras três passarelas, todas na BR-101: uma em Torres (quilômetro 9,2), uma em Maquiné (quilômetro 62,1) e outra em Osório (quilômetro 77,7). Também vão ser colocadas passarelas na BR-386 (18) e na BR-290 (4), com as obras iniciando em 2021 e 2022, respectivamente.

Segundo a CCR: “A implantação dos dispositivos visa garantir a preservação da vida dos pedestres que moram e trabalham nas cidades próximas à rodovia, proporcionando o máximo de segurança durante a travessia pela passarela”.

A estrutura

As passarelas contarão com tela de proteção no trecho de travessia sobre a pista para evitar que quaisquer resíduos sejam atirados na pista. As calçadas e passeios que dão acesso à rampa seguirão todas as exigências que garantem acessibilidade às pessoas com deficiência. Sistemas de drenagem também serão instalados em todas as entradas e saídas das rampas. Da mesma forma, serão implantados pontos de parada de ônibus em todas as passarelas, desde que respeitem uma distância mínima de 3,5 quilômetros entre eles.

A CCR Viasul também é responsável pela instalação e manutenção de toda iluminação dessas estruturas, bem como das câmeras que irão monitorar integralmente os locais por meio do Centro de Controle Operacional (CCO) garantindo ainda mais segurança à população. Vale lembrar que a concessão da empresa é válida por 30 anos e o prazo previsto para término é de fevereiro de 2049.

Foto: CCR Viasul