thumbAs fortes chuvas que caem no Rio Grande do Sul desde quarta-feira elevam os rios e causam enchentes no Estado. A região mais castigada por inundações é o Vale do Taquari, onde o rio Taquari passou de 23 m na metade da manhã desta sexta-feira no Porto de Estrela, de acordo com a Metsul Metereologia. As cidades de Lajeado e Estrela apresentam inundações.
A maioria dos rios que corta a Metade Norte do Rio Grande do Sul enfrenta cheias neste momento. O Jacuí sobe muito rapidamente no Centro do Estado, o que deve trazer cheia do Guaíba nos próximos dias em Porto Alegre.
O Caí tem cheia maior que as de julho e setembro e já deixa desabrigados em São Sebastião do Caí. A previsão é de que com a continuidade da chuva haja alagamentos maiores que no mês passado em Montenegro. O Rio dos Sinos também tem subido, mas ainda não apresenta risco de cheia.
A previsão é de que a chuva siga até segunda-feira, o que deve causar problemas em outros locais. O rio Gravataí subirá e deverá causar problemas em Gravataí e Cachoeirinha, na Região Metropolitana. Outros rios menores do Centro e do Norte do Estado igualmente apresentam cheias.
A MetSul alerta ainda para cheias dos rios Jaguari, Ibicuí, Ibirapuitã, Santa Maria e Vacacaí do Centro para o Oeste e o Sul do Estado devido aos grandes volumes de chuva registrados no Centro do Rio Grande do Sul.