12107116_1068008803233505_8546990681068869947_nO registro de forte chuva, vento e granizo são motivos de muita apreensão em todo o Estado. Em Osório, a atenção e os cuidados também estão redobrados, mesmo tendo pequenos problemas se comparado, com muitos municípios gaúchos.

As questões pontuais em Osório foram as seguintes: danos no telhado de cinco residências (devido ao granizo), segundo o Corpo de Bombeiros; estragos em uma casa ocasionado por galhos de uma árvore e o rastejamento do solo em dois pontos da Estrada do Tombadouro entre a Baixada e a RS 030.

Na Estrada que está bloqueada, uma equipe está fazendo os reparos, com a meta de evitar desabamentos em virtude da infiltração. A previsão é liberar o tráfego de veículos e pedestres no sábado.

As famílias que moram nas proximidades deste local, foram orientadas a focar atenção com a situação, porque a Defesa Civil local, não descarta a possibilidade de desmoronamento das residências.

Um laudo geólogo já foi solicitado e deverá apontar a real situação do solo.
Ontem à noite o prefeito Eduardo Abrahão e o engenheiro Jorge Férri, percorreram ruas da cidade para verificar possíveis danos e felizmente os problemas foram mínimos, como por exemplo, alguns buracos na pavimentação asfática. O escoamento rápido da água da chuva ocorre de forma normal, o que é resultado de um trabalho de canalização e hidrojateamento feito na cidade.