O Grêmio entrou em campo na noite de quarta-feira (1) no Estádio Vermelhão da Serra, em Passo Fundo, com um time misto para encarar o São Luiz pela 8a rodada do Campeonato Gaúcho. Com o auxiliar de Renato Gaúcho, Alexandre Mendes, no comando da equipe, os torcedores gremistas puderam acompanhar um time cheio de caras novas, incluindo a do osoriense Victor Bobsin.

O volante de 20 anos, já havia feito sua estreia pelo time principal no dia 22 de março, no empate em 1 a 1 contra o São José, no Estádio Passo D’areia, em Porto Alegre, em jogo atrasado válido pela terceira rodada do estadual. Porém, essa foi a primeira vez que o atleta foi titular com a camisa do Grêmio.

PRIMEIRO TEMPO MOVIMENTADO

Jogando em um campo neutro, devido à punição que o São Luiz estava cumprindo pela perda de mando de campo, o Grêmio utilizou da velocidade de seus jovens para abri o placar. Aos 11 minutos de jogo, Léo Pereira recebeu lançamento longo e da entrada da área tocou na saída do goleiro Renan Rocha para abrir o placar.

A reação do São Luiz foi rápida. Aos 18 minutos, a equipe de Ijuí realizou uma boa troca de passes, a bola chegou ao centro-avante Hugo Almeida, que na entrada da área rolou para trás; o experiente Gustavo Xuxa chegou chutando de primeira enchendo o pé, sem chances de defesa do goleiro Brenno, e empatou a partida em 1 a 1.

A partir daí a partida ficou aberta, com as duas equipes criando bastante e os dois goleiros salvando os gols. Aos 31 minutos Brenno evitou a virada após chute de Lucas Carvalho. O lateral do São Luiz foi levando, invadiu a área, chutou cruzado, a bola desviou na mão de David Braz e o goleiro gremista foi no canto para salvar. Porém, a arbitragem não viu o toque na mão do zagueiro gremista e deu apenas escanteio.

Depois foi a vez de Renan Rocha aparecer com suas defesas. Aos 36, o goleiro do São Luiz precisou se esticar todo para defender o chute de Elias da entrada da área. Três minutos depois foi a vez de Lucas Silva arriscar chute cruzado e novamente Renan acabou indo no canto para salvar a sua equipe.

VIRADA DO SÃO LUIZ

O São Luiz voltou do intervalo pressionando e conseguiu virar o jogo. Aos três minutos, Lucas Carvalho passou por Darlan e chutou cruzado na entrada da área para a defesa de Brenno. No rebote Hugo Moura chutou, a bola bateu na defesa gremista e saiu. Aos 14 minutos saiu a virada. Ariel cobrou escanteio e Paulinho Santos apareceu sozinho na pequena área para pegar de primeira e empurra para o gol, 2 a 1 São Luiz.

SUBSTITUIÇÃO

Aos 18 minutos Alexandre Mendes resolveu mexer na equipe gremista tirando Bobsin e Everton e colocando Pedro Lucas e Léo Chú. Após 63 minutos em campo o osoriense deixava o campo onde teve uma partida discreta. O camisa 50 do Grêmio fez um bom papel defensivo, cortando cruzamentos e ajudando na marcação. Mas jogando fora de posição, mais adiantado na frente de Darlan e Lucas Silva, acabou ficando muitas vezes perdido em campo e não pode demonstrar o seu futebol que o levou desde cedo as categorias de base da seleção brasileira.

GRÊMIO SEGURA PRESSÃO E GARANTE O EMPATE

As substituições deram resultado. Aos 27 minutos Darlan lançou Léo Chú, que bateu cruzado no canto para empatar a partida em 2 a 2. Após o gol o Grêmio não conseguiu buscar a virada no placar e por pouco não saiu de campo derrotado. Destaque nos últimos jogos e cada vez mais assegurado como titular do gol gremista, Brenno novamente precisou aparecer com suas defesas, como na falta cobrada por Gabriel aos 36 minutos. O goleiro precisou se esticar todo para salvar a bola que iria no ângulo. Já no final da partida, Brenno contou com a sorte. Em novo lance de bola parada, o zagueiro João Marcus apareceu sozinho na pequena área para cabecear e a bola passou rente a trave.

Com o empate o Grêmio perdeu a chance de encostar no líder do Campeonato, o Internacional. O tricolor tem 14 pontos, três a menos que o arquirrival. No sábado (3), com a volta de Renato e os titulares, o Grêmio recebe o Inter em clássico Gre-Nal, válido pela nona rodada do Gauchão. Esse vai ser o último teste da equipe antes do primeiro jogo da terceira fase da Libertadores contra o Independiente Del Valle do Equador. O duelo de ida ocorre na próxima quarta (7), em Quito, capital equatoriana, a partir das 19h e 15min (horário de Brasília).

VICTOR BOBSIN

Nascido em 12 de janeiro de 2000, o volante osoriense é atleta da categoria de base do Grêmio desde 2012. Visto como uma joia desde muito cedo, o jovem acumula passagens pelas seleções brasileiras sub 15, 17 e 20. Com a camisa canarinha Bobsin conquistou a Copa de Futebol Sub-17 do BRICS em 2016 na Índia e o Sulamericano Sub-17 de 2017 no Chile. Ele também esteve no elenco que foi terceiro lugar na Copa do Mundo Sub-17, competição também disputada na Índia, em 2017.

Após sofrer com lesões, o jogador de 20 anos está recuperado e pronto para atuar com a camisa do Grêmio em 2021. Segundo informações, a direção gremista segue avaliando se Bobsin vai seguir fazendo parte do grupo para essa temporada ou deve ser emprestado para outro clube para ganhar rodagem. A princípio, como o Grêmio deve seguir rodando o elenco no Gauchão, é provável que o camisa 50 tricolor ganhe mais minutos em campo nas próximas rodadas da competição.

Foto: Lucas Uebel

LEGENDA: Em estreia como titular pelo Grêmio Victor Bobsin fez uma partida discreta, auxiliando na marcação.

Foto: Divulgação


There is no ads to display, Please add some