Em períodos de crise, um dos assuntos mais falados é o empreendedorismo. Isso porque muitas pessoas buscam solucionar problemas observando as oportunidades do mercado para criarem algo de valor.

Mas, onde se encontram as oportunidades?

É preciso ter um olhar atento e saber diferenciar uma ideia de uma oportunidade. Para isso, deve-se seguir as palavras de Peter Drucker “as oportunidades estão onde estão as necessidades dos clientes.” Somente acompanhando as necessidades dos clientes e o comportamento deles é possível identificar as melhores oportunidades para investimento.

O cliente atual

Nos últimos anos a internet se tornou cada vez mais acessível por computadores pessoais e smartphones. Com o tempo as pessoas adquiriram maior controle sobre o que leem, veem e ouvem.

De acordo com o relatório “Digital in 2020”, realizado pelo We are Social e Hootsuite, as pessoas no Brasil passam cerca de 9h17min por dia na internet, 98% assistem vídeos online, 36% ouvem podcasts e 38% realizam compras online.

A decisão do que fazer na internet é do cliente e observando o seu comportamento é possível concluir que ele busca por maior conveniência e facilidade nas transações. Quando o cliente não encontra o que procura, tem a sensação de perder tempo e a tendência é que fique insatisfeito.

O empreendedorismo na era digital

O empreendedorismo na era digital não significa a inexistência de uma estrutura física da empresa, mas certamente permite que ela adote uma estrutura mais enxuta com poucos funcionários ou com serviços de empresas terceirizadas.

É claro que também existem empresas que ficam apenas no virtual sem ter um ponto fixo para atenderem aos clientes, isso ocorre quando a natureza da operação permite que assim seja feito.

As ferramentas online e os sistemas de gerenciamento integrado têm facilitado a vida de muitos empreendedores que conseguem simplificar suas tarefas gerenciais e administrativas, de maneira que sobra mais tempo para focar nos negócios e nos clientes.

Como começar a empreender na internet?

1. Crie um e-commerce ou loja virtual para o seu negócio

Para quem já possui uma loja física, migrar para a plataforma de comércio eletrônico (e-commerce) também conhecido como loja virtual, pode ser muito mais fácil. Além da plataforma ser uma extensão da loja física, ela irá facilitar a compra e venda dos produtos pela internet aumentando sua visibilidade.

2. Crie vídeos ou um canal de vídeos

Seja qual for o seu ramo de atuação, já penou em promover o seu negócio por meio de vídeos? Os vídeos possuem um bom alcance, são interativos e chamativos. É possível utilizar essa ferramenta para ficar mais próximo do cliente, demonstrar seus produtos e o conhecimento que você possui sobre o seu ramo de atividade.

3. Crie interação nas redes sociais

Crie e gerencie páginas do facebook, instagram, twitter para o seu negócio. Escolha as melhores plataformas sociais e comece a gerar conteúdo para interagir com seu público. Faça publicações frequentes e nos melhores horários, faça perguntas aos seus seguidores, responda ao seu público e use os recursos interativos dos stories.

Com o constante avanço das tecnologias, qualquer empresa que deseja estar inserida no contexto atual precisará ficar visível aos clientes também no ambiente virtual. Isso não se trata apenas de abrir um e-commerce ou loja virtual, é necessário trabalhar o marketing digital através das redes sociais, anúncios, vídeos. Aqui vale aquele velho ditado “quem não é visto não é lembrado”, por isso é preciso estar ao alcance do cliente.