O Litoral Norte poderia perder recursos do estado destinado à Consulta Popular por falta de mobilização do Corede Regional. Quase dois milhões de reais deixariam de serem aplicados na região em áreas importantes como Saúde, Educação, Segurança e infraestrutura.
O Corede eximiu-se de organizar as plenárias para levantar as demandas nos municípios e assim divulgar com tempo para que a população viesse a votar nas proposições que considerassem prioritárias.
Diante das falta de mobilização do Corede algumas pessoas ligadas a entidades interessadas nestes recursos, como o Hospital de Osório e o de Tramandaí se mobilizaram para levar suas demandas para buscarem recursos para investimento.
Outros municípios se mobilizaram através dos Conselhos Municipais de Desenvolvimento – Comudes também apresentando propostas para algumas áreas que beneficiassem em conjunto com outros municípios.
Em Osório a votação ocorreu junto ao Hospital São Vicente e na Associação Comercial de Osório até às 17 horas e também pela internet que encerrou antes da meia-noite.
A demanda defendida pelo Hospital destina recursos no valor de pouco mais de R$ 370 mil que serão aplicados na criação da Unidade de Oncologia. O projeto necessita de mais recursos e estes destinados pela Consulta Popular já possibilitarão o início das obras para implantação da unidade.
O resultado da votação deverá ocorrer até a sexta-feira com a computação dos votos de toda a região e inclusive com os realizados pela internet no site da Consulta Popular.11137158_500874700076021_5955291894639812531_n