corpo-mariapolis-2704A Polícia Civil localizou, nesta quinta-feira (27), um corpo enterrado na garagem de uma casa na invasão na praia de Mariápolis, em Osório no limite com Xangri-lá. O cadáver tinha sinais de afundamento do crânio, mas a causa da morte ainda não foi esclarecida. “Não é possível saber se ele foi ferido com tiros, faca ou paulada”, informou o delegado Antônio Carlos Ractz Jr ao Litoral na Rede.

O corpo foi removido para o Posto Médico Legal de Osório para a realização da necropsia. A Polícia confirmou que se trata de um homem que foi visto pela última vez por familiares, na última sexta-feira (21). Os pais de Cristiano Gomes Castanho, de 31 anos, registraram ocorrência de desaparecimento nessa segunda-feira (24) na Delegacia de Polícia de Capão da Canoa. No mesmo dia, agentes da Polícia Civil localizaram e apreenderam um carro furtado na mesma garagem onde foi aberta a vala.

A equipe da 2ª Delegacia de Polícia de Osório já começou a ouvir os primeiros depoimentos, mas ainda não tem suspeitos do assassinato. O delegado Ractz disse que o próximo passo para esclarecer o caso é investigar a vida pregressa da vítima e apurar a possível motivação do crime.

 

 

 

 

365News