CORPOS ENCONTRADOS EM OSÓRIO

Seguem as investigações sobre o aparecimento dos corpos de um casal na última sexta-feira (22), na Estrada do Carrachi, na Zona Rural de Osório. Segundo o delegado João Henrique Gomes, responsável pelas investigações, as duas vítimas apresentavam marcas de disparos de arma de fogo. Ambos foram levados ao Departamento Médico Legal (DML) para a realização da Perícia.

A Polícia Civil de Cachoerinha entrou nas investigações, visto que os corpos poderiam ser de Rubem (85) e Marlene Heger (53), casal desaparecido a mais de dois meses no município da região Metropolitana. O delegado Anderson Spier chegou a pedir a família de Rubens para que enviassem material genético para análise de DNA das vítimas. “Em princípio, a gente acredita que não tem relação porque, junto a um dos corpos, foi encontrado um documento de identidade em nome de outra pessoa. Como esses corpos estão em estado avançado de decomposição, somente a perícia poderá indicar a identificação deles, e aí teremos a confirmação”, afirmo Spier. A Polícia segue aguardando o resultado da Perícia e não deu mais informações sobre o caso.

CASAL DESAPARECIDO

Casados há mais de duas décadas, Rubem e Marlene mantinham rotina conhecida pela família em Cachoeirinha. Pouco saíam de casa, em razão das limitações que o aposentado apresentava por sofrer com um enfisema pulmonar. Sem deixar vestígios, os dois desapareceram há quase dois meses.

Em 27 de fevereiro, uma filha de Rubem esteve na residência. Imagens de câmeras de segurança registraram o momento em que ela chega ao local, acompanhada do filho. Marlene abre o portão para que eles entrem. Depois disso, não há mais nenhum registro de imagem do casal. Durante o tempo em que a filha e o neto estiveram na casa, o veículo deles foi estacionado dentro da garagem e colchões foram colocados em frente ao carro, formando uma barreira, que impediu a visualização do que acontecia ali dentro. Em depoimento à polícia, a mulher disse que o pai pediu para que ela colocasse os colchões ali para que arejassem. Segundo a família, os colchões eram novos, ainda embalados.

Depois, ainda naquela tarde, câmeras captam o carro da filha de Rubem deixando a residência, mas não é possível saber se o casal está no automóvel. Estranhando o sumiço dos dois, familiares foram até a casa, dias depois, e encontraram no local apenas a cachorrinha que o casal tinha, morta no pátio. A causa da morte do animal não chegou a ser identificada. O casal nunca mais foi visto.

FOTO: Divulgação


There is no ads to display, Please add some