Empresa prevê economia anual entre R$ 700 milhões e R$ 1 bilhão

 

imagesOs Correios abriram nesta segunda-feira (16) o plano de demissão voluntária (PDV) aos funcionários, com prazo de adesão até o dia 17 de fevereiro. Segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, a empresa prevê economizar de R$ 700 milhões a R$ 1 bilhão por ano com a medida.

Quase 17,7 mil empregados são elegíveis ao PDV, e a expectativa da estatal é de que 8,2 mil trabalhadores façam a adesão. Podem participar funcionários com tempo de serviço igual ou superior a 15 anos e com idade maior ou igual a 55 anos.

Como incentivo ao PDV, os Correios oferecem uma indenização que pode chegar a até 35% do salário por, no máximo, oito anos. A adesão dos trabalhadores será voluntária, e o desligamento ocorrerá na modalidade “demissão a pedido”, sem necessidade de cumprir aviso prévio.

Os Correios fecharam 2016 com prejuízo em torno de R$ 2 bilhões. Segundo o Estado de S. Paulo, foi o quarto ano seguido de prejuízo na empresa.

GAÚCHA