Imagem relacionada

A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) promove uma série de ações para qualificar os serviços prestados durante o verão. Neste sábado (17), o diretor-presidente da Companhia, Flávio Ferreira Presser, estará presente na solenidade de abertura oficial do Verão para Todos, do governo do Estado. Será às 10h, na Avenida Beira-Mar, s/nº, Largo Baronda, em Capão da Canoa.

Em fevereiro, o governo monta uma estrutura na beira da praia, oferecendo diversas atividades gratuitas aos veranistas. A Companhia participará da iniciativa por meio do projeto Corsan: Sombra e Água Fresca, com Espaço Kids e distribuição de água gelada para saciar a sede e água quente para o chimarrão. Serão 12 dias de atividades: de 2 a 5 de fevereiro, em Tramandaí; de 9 a 12 de fevereiro, em Capão da Canoa; e de 25 a 28 de fevereiro, em Torres.

A Companhia desenvolve a campanha Corsan e Você no Verão – Juntos para tratar a vida com respeito. São ações de sensibilização, com iniciativas que visam a informar e educar sobre atitudes que contribuem para preservar os recursos hídricos e a importância do saneamento para a qualidade de vida das pessoas.

Para reforçar o efetivo e a mobilização das equipes nas praias, haverá o deslocamento de funcionários de outras regiões do estado. No total, a Companhia terá o acréscimo de 45 empregados por mês no Litoral. Os tradicionais chuveirinhos também estarão à disposição dos banhistas. São 147 chuveiros instalados à beira-mar no Litoral Norte e no Litoral Sul, além de balneários de todo o interior gaúcho.

As Unidades de Saneamento (USs) da Corsan atendem em horário diferenciado durante o verão. Além de funcionarem normalmente em dias úteis, as USs estarão abertas aos sábados, das 9h às 13h, em Arroio do Sal, Atlântida Sul, Balneário Pinhal, Cassino, Cidreira, Capão da Canoa, Imbé, Quintão, Torres, Tramandaí e Xangri-Lá.

Para levar mais saneamento ao Litoral Norte, a Corsan investe R$ 79,5 milhões em obras de melhorias e ampliação dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário da região. Um dos investimentos mais significativos é a construção da Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) Guarany, em Capão da Canoa. No valor de R$ 26 milhões, o empreendimento beneficia cerca de 80 mil pessoas.

Texto: Ascom Corsan
Edição: Léa Aragón/ Secom