thumbO Cpers convocou os professores e funcionários de escolas, nesta segunda-feira, para aderir à greve nacional promovida pela Confederação Nacional dos Educadores (CNTE). A paralisação está marcada do dia 15 ao dia 17 de março. Conforme nota, “a orientação é de que as escolas fechem as portas e educadores, pais, alunos e comunidade escolar participem dos atos que irão denunciar o desrespeito do governo Sartori com os educadores e a educação pública gaúcha”.

De acordo com a CNTE, a Greve Nacional dos Educadores reivindica cumprimento da Lei do Piso; denuncia a terceirização e a entrega das escolas às organizações sociais (OSs). Também protesta contra o parcelamento dos salários, a militarização de escolas públicas e a reorganização das instituições.

Na próxima sexta-feira, será realizada a Assembleia Geral da categoria, no Gigantinho, à partir do meio-dia. A reunião definirá pelo fim ou continuidade das paralisações no RS.