Arma-criança3anosUm homem de cerca de 30 anos morreu vítima de hemorragia após ser atingido por um tiro no peito em sua própria casa na tarde de segunda-feira (27) no município de Muitos Capões, na Região Nordeste do Rio Grande do Sul. O autor do disparo teria sido o próprio filho de três anos, segundo a polícia.

“Ele foi encaminhado ao hospital com vida e, no caminho, relatou que a criança foi quem atirou em meio a uma brincadeira, e que achava que a arma estava descarregada no momento˜, afirma o delegado regional de Vacaria, Carlos Alberto Defaveri.

Conforme o delegado, a vítima brincava com o filho usando a arma de fogo de forma costumeira. “O pai deu a arma para a criança, como sempre fazia, tratava a arma como se fosse um brinquedo”, conta Defaveri.

A arma de calibre 22 foi encontrada e apreendida pela polícia. “Era uma arma artesanal, adaptada, ele não podia ter ela em casa, é ilegal˜, explicou o delegado.

Ainda segundo a polícia, a mãe do menino, que estava em casa na hora do ocorrido, compareceu à delegacia e prestou depoimento no mesmo dia. Ao longo da semana, os vizinhos também serão ouvidos e todos os depoimentos colhidos serão encaminhados à Justiça.


There is no ads to display, Please add some