Obras de melhoria das estruturas devem durar até metade de dezembro

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER) informa que interditará a travessia do meio da ponte Giuseppe Garibaldi, que liga o trânsito de veículos de Imbé a Tramandaí, até 15 de dezembro. A notícia foi repassada às autoridades de trânsito das cidades durante reunião com engenheiros do DAER, nessa terça-feira (15), no gabinete do prefeito Pierre Emerim. O bloqueio deverá começar ainda nesse mês e atingirá apenas a ponte do meio (pista da esquerda para quem segue no sentido Imbé-Tramandaí). As demais pistas seguirão liberadas.

De acordo com o DAER, obras de recuperação da estrutura vão afetar o trânsito de veículos de passeio e também de veículos pesados, como ônibus e caminhões. A ponte com pista dupla, que atualmente serve para deslocamento de veículos de Tramandaí para Imbé, será dividida em dois sentidos. Com isso, motoristas de ônibus e caminhões que estão em Imbé e desejam acessar Tramandaí serão obrigados a usar a pista que terá seu fluxo invertido durante o período de manutenção do DAER. Os veículos que saírem da Avenida Nilza Costa Godoy (antiga Avenida Rio Grande) em direção à cidade de Tramandaí também serão obrigados a usar a mesma pista dos veículos pesados. Já as motos e veículos com até 12 toneladas que estiverem na Avenida Osório seguirão usando apenas a ponte da direita. Para evitar congestionamentos, as prefeituras de Imbé e Tramandaí recomendam a moradores, visitantes e veranistas que desejam ingressar a Imbé para que evitem circular pelo local. A opção de acesso à cidade durante o período de bloqueio é a ERS-389, também conhecida como Estrada do Mar, que dá acesso à ERS-786.

O engenheiro Roberto Vidal informou que o DAER fará obras junto aos canteiros centrais nos dois lados da ponte com ampla sinalização para ajudar na manutenção do fluxo durante os dois meses de obras de recuperação da ponte. “Serão realizados serviços de concretagem com equipes de 12 funcionários da Superintendência de Obras de Arte Especiais (SOA) do DAER. Vamos substituir a ferragem por uma nova porque a estrutura