Neste ano mais uma vez a tradicional reunião de família para homenagear as mães deve ser observada com muito cuidado. Todos sabem que a aglomeração familiar geralmente ocorre com descuidos no simples gesto de lavar as mãos, de uso de máscara e principalmente da não aglomeração.

As mães mais idosas têm dificuldades de se manterem usando a máscara por longo período de tempo, ainda mais estando dentro de seu próprio lar onde criou a todos os filhos e a todos dispensou toda sua atenção, amor e carinho. Agora é o momento de retribuir este carinho e atenção tendo todos os cuidados ao homenageá-la. É preciso demonstrar seu afeto a quem tanto se dedicou em sua criação e formação com todo o cuidado para que por muito mais tempo possa ter o convívio em seu seio familiar.

Os netos e bisnetos pequenos podem ter o toque das mãos e evitar contato maior sem máscara. Os familiares devem ter esta responsabilidade de zelar pela saúde da rainha do lar que precisa de atenção e também de muto cuidado e sensibilidade para que um momento de alegria não venha a se tornar logo a seguir um momento de profunda tristeza.

Há muitas formas de demonstrar a gratidão, sabemos todos que a presença é importante, mas a compreensão da gravidade de um gesto não bem pensado pode gerar profunda tristeza.

Mesmo com todas as restrições este é um momento de alegria e de poder agradecer e retribuir o carinho recebido por vários anos na infância. Mãe é e sempre será o porto seguro da família, o mar de compreensão, de apoio e dedicação.

Um sorriso, um agradecimento, uma lembrança são importantes neste momento em que muitas mães trabalhadoras tiveram de ficar em casa cuidando de filhos e netos e da família como um todo. Em muitas situações até mesmo amparando nos casos de doença de familiares.

Outras tantas tiveram de se afastar dos familiares em decorrência da atividade de risco, mas que superando as dificuldades impostas mantiveram o contato de modo virtual e à distância. Um sentimento que muitas mães sucumbiam em lágrimas por não terem o contato com seus pequenos, de sentir o abraço e o beijo carinhoso da inocência de seu filho.

Mas tenham a certeza que mesmo diante de tantas agruras passadas nestes últimos meses a maior alegria é saber que todos os seus filhotes estão seguindo suas vidas e que ainda será chegado o momento de dar aquele abraço apertado de poder ouvir de seu filho algo tão simples e significativo que é: MÃE EU TE AMO