Mais uma etapa da vacinação contra a Influenza foi realizada no município. Nesta quarta-feira (8) foram distribuídas 1,6 mil doses nos postos de vacinação espalhados pelo município. Mais uma vez devido a alta procura da população, as doses acabaram se esgotando ainda nas primeiras horas.

Marcada para iniciar às 9h, em muitos locais os idosos chegaram a madrugar para marcar um lugar na fila e mesmo assim, muitos acabaram saindo sem serem vacinados. O Drive Thru realizado no estacionamento do Centro Universitário Cenecista (Unicnec) também foi motivo de reclamação dos osorienses, que acabaram passando horas dentro dos carros e mesmo assim não conseguiram rereceber a vacina.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que esse transtorno é inevitável, diante da grande procura pela vacina e o número limitado de doses disponíveis para cada local de vacinação.

Vacinação por Drive Thru causou uma fila de carros no Centro da cidade.

Vale lembrar que até o momento Osório já recebeu aproximadamente 6,9 mil doses da vacina contra a Influenza (H1N1, B e H3N2), destinadas do Ministério da Saúde. Ao todo foram vacinadas 6.430 pessoas, sendo 5.536 idosos e 894 profissionais da saúde. Com isso, a Secretaria Municipal conseguiu completar a sua meta de vacinação para o grupo de pessoas com mais de 60 anos de idade que era de 5.515 vacinados. Já em relação aos profissionais a meta é de vacinar 1.482 pessoas, sendo atingida até o momento pouco mais de 60% da meta.

Se analisarmos os números, poderíamos considerar um resultado satisfatório, porém, a realidade não é a mesma, já que o número de idosos na cidade é maior do qual trabalha a Secretaria Municipal de Saúde. Também vale ressaltar que moradores de outros municípios estão se deslocando até Osório para receberem a vacina, o que causa uma procura ainda maior de vacinas do que estão sendo disponibilizadas.

A Secretaria de Saúde afirmou que na próxima semana uma nova remessa de vacinas deve chegar ao município. A partir da próxima quinta-feira (16) começa a segunda fase da Campanha de Vacinação, onde vão ser vacinados os profissionais das forças de segurança e salvamento; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; caminhoneiros e motoristas de transporte coletivo e portuários.

Em relação às pessoas de outras cidades estarem se vacinando em Osório, a Secretaria Municipal não se pronunciou sobre o assunto.

Fotos: PMO