moedinhas1A economia brasileira fechou, em fevereiro, 14 meses consecutivos de queda. É o que aponta o Índice de Atividade Econômica do Banco Central, considerado uma prévia do PIB.

O IBC-Br recuou 0,29% sobre janeiro. É, no entanto, um recuo menos intenso que o anterior, que foi de 0,68% sobre dezembro. Dados já com o ajuste sazonal.

A principal contribuição para a queda veio da indústria, que recuou 2,5% no mês. Dados de emprego também foram ruins, assim como o setor de serviços.

O alívio, no entanto, veio do varejo. Os dados de fevereiro chegaram a surpreender, com alta de 1,2% no volume de vendas.  No entanto, ainda não são interpretados como uma tendência.

12 meses

O acumulado de 12 meses aponta retração bem intensa na economia, de 4,75%. Fica acima da queda prevista pelo mercado para o PIB brasileiro em 2016.