Após quase oito anos como secretário de Saúde de Osório, Emerson Magni deixou a pasta nesta segunda-feira (1). Nesse período, Emerson foi responsável pela realização de uma série de projetos como a informatização de toda a saúde e a instalação da Telefonia Voip, além de outros como o Pró-Mama, o Horta Flor, o Práticas Integrativas e Complementares (Pics), o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF); e mais recentemente o Ecopet e o Teleatendimento Covid-19.

A frente da Secretaria de Saúde, Magni viu a instalação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) com médico; a reestruturação do transporte de pacientes; a ampliação da equipe de saúde no sistema prisional; sem contar na inauguração do bloco de saúde do Departamento de Proteção Animal (DEPA), de inúmeras Unidades de Saúde como as dos bairros Aguapés, Caravágio e Passinhos, além do Centro Especializado em Reabilitação Física, Auditiva e Visual – Dr. Freddy Flaviano Torrico Soria (CER III) e principalmente a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Além dos projetos concretizados, o agora ex-secretário de Saúde, deixa outros dois projetos encaminhados: o Centro de Atendimento da Criança e do Adolescente e o Centro de Atendimento ao Paciente Oncológico e Seus Familiares. Vale ressaltar que o local aonde vão funcionar os dois centros está passando por reformas e que a previsão para a inauguração de ambos é ainda em 2020.

Emerson Magni deixa a pasta para assumir seu cargo de Vereador na Câmara Municipal. No seu lugar assume como secretária-adjunta, Silvia Oliveira, que vai seguir no comando da Secretaria de Saúde do município até o final desse ano.

MUDANÇA NA CÂMARA

Na manhã desta terça-feira (2) Emerson se reuniu com o presidente da Câmara de Vereadores Beto Gueiê para realizar todos os trâmites necessários para Magni assumir sua cadeira no Legislativo Municipal. Vale ressaltar que Emerson foi o vereador mais votado na última eleição municipal, recebendo 1.927 (7,08%) do total de votos válidos. Porém, devido ao convite do prefeito Eduardo Abrahão, ele resolveu permanecer no como secretário de Saúde. Há aproximadamente quatro meses de uma nova eleição municipal, Emerson vai ocupar a cadeira de Binho Silveira que é do mesmo partido de Magni, o PDT.

É bom destacar que Emerson é um dos principais nomes para concorrer pelo Partido a prefeitura osoriense e para poder concorrer ao cargo precisou se afastar da Secretaria Municipal. A situação é a mesma que ocorreu com outros ex-secretários como é o caso de Lourdes Helena Gularte, que deixou a pasta da Educação, em abril, para poder se candidatar a vereadora na próxima eleição.