Agentes da Polícia Civil interditaram um estabelecimento no centro da cidade. A ação foi realizada na tarde desta quarta-feira (24) e contou com a participação de peritos do Instituto Geral de Perícias (IGP), de funcionários da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), de agentes do Corpo de Bombeiros e da Vigilância Sanitária.

Segundo o delegado João Henrique Gomes, após investigações preliminares foi identificado um verdadeiro aparato fraudulento no comércio visando desviar energia elétrica, sem o devido pagamento.

Os policiais se deslocaram até o Largo dos Estudantes Sônia Chemale e realizaram o cumprimento de medida cautelar judicial (sigla em inglês MBA) interditando o estabelecimento comercial. Além do furto de energia, os agentes também apreenderam alimentos impróprios ao consumo humano. As pessoas responsáveis pelo local não foram localizadas, contudo irão responder pelos crimes previstos na legislação penal. 


There is no ads to display, Please add some