Estudantes do curso de Biologia Marinha da UFRGS  ocuparam, na manhã desta sexta-feira, o Ceclimar, em Imbé.  Os universitários fecharam o portão e montaram barracas no local. Eles aderiram ao protesto nacional conta a Proposta de Emenda Constitucional 241, que congela gastos do governo federal por 20 anos, e a reforma do Ensino Médio.
A ocupação deve durar, pelo menos, até a próxima quinta-feira, quando os estudantes e funcionários do Ceclimar realizam nova assembleia. Segundo o presidente do Diretório Acadêmico do Curso de Biologia Marinha, as aulas e todas as atividades estão suspensas. Bruno Linhares disse que a intenção da ocupação é “desenvolver o pensamento crítico da população em relação aos cortes de recursos que vão afetar todos os estudantes de instituições públicas”.O curso de Biologia Marinha da UFRGS tem mais de 100 estudantes no Litoral Norte.

Em Tramandaí, a ocupação do Campus Litoral na Norte da Universidade Federal está no oitavo dia. Nesta tarde, os estudantes do curso de Educação do Campo realizam nova assembleia para decidir se mantêm o movimento.