A Associação dos Municípios do Litoral Norte (Amlinorte) encaminhou ao Governador do Estado, Eduardo Leite, um amplo relatório, com 600 páginas, demonstrando o aumento populacional que o Litoral Norte vem apresentando nos últimos meses, reflexo esse já percebido ao longo da última década. Os dados foram levantados levando em consideração o aumento no consumo de energia elétrica na região, além do aumento na produção do lixo e também na cobertura da vacina da gripe da população idosa, que superou a casa dos 100%.

De acordo com o presidente da Amlinorte, o prefeito de Imbé, Pierre Emerim, somente no levantamento feito junto a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), houve um aumento no consumo de energia elétrica na região na ordem de 25% nos últimos três meses, comparado com o mesmo período do ano passado. Além disso, o volume de resíduos sólidos coletados nos últimos seis meses também demonstra um acréscimo substancial, permitindo calcular, com base nos índices preconizados pelo Ministério do Meio Ambiente, que a população do Litoral Norte já está em 716 mil pessoas e não 397 mil como previstos no IBGE 2019.

Os dados foram apresentados na semana ao governador do Estado, por meio de uma videoconferência, que solicitou o encaminhamento dos estudos feitos pela Associação dos municípios da região, o material compilado pelo escritório Sielichow Advocacia, por meio dos advogados Cristiano Sielichow e Rui Lang, que auxiliaram na elaboração do pedido administrativo junto ao Governo do Estado. A expectativa agora é de que o governo possa ajustar os cálculos e medidas adotadas para o Litoral Norte, tanto no combate ao coronavirus, quanto a liberação de leitos, imposição de bandeiras e até mesmo nos repasses de programas.


There is no ads to display, Please add some