queijo-2Publicada no Diário Oficial da União resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária proibindo distribuição e venda de lotes de queijo parmesão ralado de fabricante gaúcho. O alimento é produzido pela Parmíssimo Alimentos, com fábrica em Viamão.

Segundo a Anvisa, a empresa encaminhou no dia 23 de agosto comunicado para recolhimento voluntário destes lotes. No documento, a Parmíssimo informou“impossibilidade de garantir a total qualidade e inocuidade de determinados lotes do produto QUEIJO PARMESÃO RALADO marca PARMÍSSIMO”.

Lotes informados:

08/02/16, 09/02/16, 15/03/16, 16/03/16, 17/03/16, 20/04/16, 22/04/16,
23/04/16, 25/04/16, 26/04/16, 18/05/16, 19/05/16, 20/05/16, 17/06/16,
18/06/16, 20/06/16, 15/07/16, 16/07/16, 18/07/16, 05/08/16, 06/08/16
e 08/08/16, data de validade: 8 meses, do produto QUEIJO PARMESÃO
RALADO, marca PARMÍSSIMO, em pacotes de 50g, 100g,
500g e 5000g, fabricado pela empresa PARMÍSSIMO ALIMENTOS
LTDA, CNPJ: 93.647.881/0001-18, situada à Estrada Candido Pinheiro
Barcelos, 1055 – Distrito Industrial Alvorada, Viamão /RS.

Abaixo, o comunicado no site da empresa. Não detalha o motivo do recolhimento, mas informa telefone para contato e devolução.

Entramos em contato com a fábrica, mas informam que só o engenheiro de alimentos poderia dizer qual o problema no produto e o profissional ainda não estaria na empresa.