Grafico_01Durante os meses de verão, os municípios do Litoral Norte do RS têm um significativo aumento da população total da região devido aos veranistas e turistas provenientes, principalmente, de outras cidades do Estado. Segundo estudo da Fundação de Economia e Estatística (FEE), o crescimento populacional, em janeiro de 2015, em Capão da Canoa foi de, aproximadamente, 123%, enquanto Quintão registrou 495% e Atlântida Sul, 499% em relação às médias da população permanente. Estes e outros dados integram a pesquisa Estimativas para a população flutuante do Litoral Norte do RS, dos pesquisadores Pedro Tonon Zuanazzi e Mariana Bartels.
O que está sendo estimado? Que número exatamente se quer estimar e quais municípios e praias estão sendo investigados? Essas definições são essenciais para o entendimento do estudo realizado. A definição de Litoral Norte não é única. Enquanto a LCE 12100/2004 (RIO GRANDE DO SUL, 2004) define a Aglomeração Urbana do Litoral Norte como sendo formada por 20 municípios, o Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede) do Litoral é formado por 21 municípios. No entanto, em ambos os casos, cinco estão incluídas cidades que não são usualmente ocupadas por veranistas, pelo fato de não se localizarem junto à faixa de areia. Dessa forma, dado que o interesse é estudar o incremento populacional de veranistas e turistas, considerou-se como Litoral Norte, para efeitos desta análise, os oito municípios banhados pelo mar — Balneário Pinhal, Cidreira, Tramandaí, Imbé, Xangri-lá, Capão da Canoa, Arroio do Sal e Torres —, além das praias de Quintão (pertencente a Palmares do Sul), Atlântida Sul (pertencente a Osório) e Santa Rita de Cássia (pertencente a Terra de Areia).
Para o verão 2014-15, estima-se que o crescimento populacional no Litoral Norte tenha-se iniciado em dezembro, às vésperas do Natal. No entanto, a partir do dia 25 de dezembro, a população continuou aumentando de forma vertiginosa, alcançando mais de 730 mil pessoas no Ano Novo. Durante os meses de janeiro e fevereiro, estimou-se uma média populacional em torno de 440 mil pessoas para dias de semana, ao passo que, nos fins de semana, a população teria atingido entre 500 mil e 580 mil habitantes. Destacam-se, também, o feriado de Nossa Senhora de Navegantes, que, nesse ano, ocorreu em uma segunda-feira (formando um feriado prolongado), em que se estimam mais de 640.000 pessoas, e o Carnaval, para o qual se estimam, aproximadamente, 715 mil.