21213248Enquanto o sistema digital não é consertado, os gaúchos poderão fazer carteiras de trabalho emergenciais a partir de amanhã, dia 5 de outubro. As agências FGTAS/Sine farão o documento manualmente.

Mas vale só para casos excepcionais, como seguro-desemprego e quando o trabalhador estiver precisando assumir uma vaga. Para estas situações, não precisará agendamento.

FGTAS informa que, para fazer a carteira emergencial, é preciso levar todos os documentos já exigidos normalmente (veja abaixo) e atestado do empregador afirmando que o trabalhador está para assumir uma vaga, Pis emitido pela Caixa Econômica Federal e foto 3×4.