Resultado de imagem para celular nono digito

A partir de domingo que vem, os números de telefones celulares do Rio Grande do Sul passarão a ter nove dígitos, com a inclusão de um “9″ em frente ao número original da linha. A medida já vigora na maioria dos estados, e o Sul é a última a ser contemplado com a mudança, implementada de forma progressiva desde 2012. O objetivo principal é ofertar uma base maior de números aos consumidores por meio do aumento da combinação resultante da inclusão de mais um dígito.

De 6 a 16 de novembro, as ligações feitas com oito dígitos ainda vão completar. Após esse período, durante um mês, as ligações realizadas sem o nono dígito não serão completadas, mas o usuário vai receber um aviso de que deve digitar mais um número. Depois disso, as ligações não poderão ser realizadas som o nono dígito. Todas as operadoras de telefonia oferecem aplicativos de uso gratuito para atualizar a agenda de telefones do aparelho celular.

Um dos motivos para a implementação do nono dígito em todo o país é atender a demanda por novas aplicações que utilizem o Serviço Móvel dando suporte, para comunicação M2M e IoT. Estas tecnologias são usadas para telealarmes, automação residencial, rastreamento de automóveis, entre outros. No próximo domingo (6.11) acontece a implementação do nono dígito nos três estados da região Sul, finalizando o projeto coordenado pela Anatel em todo o país. Com a introdução do nono dígito, o Plano de Numeração do Serviço Móvel Pessoal terá sua capacidade ampliada de 37 milhões para 90 milhões de acessos por DDD.

Fabricantes de automóveis, como a BMW e a Mercedes, já começaram a utilizar as novas linhas do plano de numeração para o tráfego de informações sobre os carros como: dados do consumo de óleo, situação dos freios e do motor, facilitando desta forma a manutenção do veículo e proporcionando assim maior segurança ao proprietário. Outro serviço que também utiliza estes números é o de rastreamento de veículos realizado por seguradoras de automóveis.

Outros equipamentos que utilizam linhas do Serviço Móvel Pessoal são as máquinas de cartão de crédito e a cada dia aumenta a demanda desse serviço pelos pequenos e grandes empresários. As áreas de agricultura e pecuária também serão beneficiadas com a medida da Agência, pois novas tecnologias já permitem o controle de fazendas à distância e o uso de “biochip transponders”,  para a localização de animais nas propriedades, acompanhar o peso e outras funções.