Não durou um dia o trabalho dos funcionários da prefeitura de isolar as praças e outros locais da cidade com fitas, para evitar a aglomeração de pessoas nessas áreas. Nesta quinta-feira (25), o cenário era o seguinte: além das fitas terem sido arrancadas, pedestres foram flagrados livremente nos locais como se nada estivesse acontecendo. As fitas foram novamente colocadas para isolar a área e quem estava nos lugares foi convidado a se retirar e retornar para suas casas.

Por meio de nota, o prefeito Eduardo Abrahão fez um apelo aos moradores para que respeitem as orientações das autoridades de Saúde e contribuam para a fiscalização da cidade. “Cada um deve fazer a sua parte, nós como Poder Executivo estamos tomando todas as medidas possíveis e contamos com a empatia e bom senso de todos. Devemos zelar pela nossa saúde e também pela saúde de nossos familiares, amigos e comunidade num todo”, salientou o prefeito osoriense.

Até o momento, não há informações se o caso vai ser registrado na polícia.

VALE RESSALTAR

A prefeitura municipal, por meio da Secretaria de Segurança Pública e Trânsito, havia decidido pela interdição das praças da Catedral; Conceição; das Carretas; dos bairros Albatroz (Campo de grama sintética), Medianeira e Caravágio; da Integração (Atlântida Sul); além do complexo da Lagoa do Marcelino, incluindo a pista de skate. O Executivo Municipal disponibilizou vigilantes para fazerem a fiscalização dos locais. Quem descumprir a medida pode receber multa de até 200 reais.

Foto PMO