17624843O Ministério da Justiça estuda tornar permanente a presença da Força Nacional de Segurança no Rio Grande do Sul. Desde o final de agosto, 136 homens reforçam o trabalho policial na Capital gaúcha.

A portaria publicada pelo governo federal prevê a atuação da Força até o dia 2 de novembro, mas, diante da demanda de reforço no combate à criminalidade, está sendo discutido um plano para estender a atuação dos militares em Porto Alegre. A ideia é que a medida também seja adotada em outras capitais.

“Nós vamos, a partir de amanhã, dar sequência a um plano conjunto com os estados. Vamos ouvir outros atores, como o Ministério Público e o Judiciário, para ver se conseguimos fechar em duas ou três semanas um plano permanente de apoio a todas as grandes capitais”, explicou o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, após ser questionado sobre a prorrogação da Força Nacional no Rio Grande do Sul.

A declaração ocorreu após uma reunião com senadores do PSDB, nesta terça-feira (18), no Congresso.

O Ministério da Justiça ainda não esclareceu se o efetivo presente em Porto Alegre será alterado e se outras cidades gaúchas poderão receber apoio. O deslocamento de soldados para Porto Alegre foi autorizado após pedido do governador José Ivo Sartori, que foi atendido de forma imediata.

GAÚCHA


There is no ads to display, Please add some