furtoTrês funcionários são apontados pela Polícia Civil como responsáveis pelo furto do dinheiro que seria utilizado para pagamento de salários de uma empresa de Arroio do Sal. O crime ocorreu no início deste mês e os suspeitos foram presos na noite dessa sexta-feira (16) pela Brigada Militar. O valor furtado foi de R$ 39 mil.

O trio teve a prisão decretada pela Justiça de Torres a partir da investigação realizada pela Polícia Civil. A Brigada Militar prendeu dois homens em uma residência em Arroio do Sal e o outro foi detido no Hospital Nossa Senhora dos Navegantes, em Torres. O trio ficará à disposição das autoridades na Penitenciária Modulada de Osório.

O delegado Adriano Koehler Pinto, titular da Delegacia de Arroio do Sal, informou ao Litoral na Rede, que imagens de câmaras de segurança ajudaram a confirmar a autoria do crime.  “Os funcionários simularam uma queda de luz e apagaram as imagens internas de câmeras de segurança, que depois foram recuperadas”, explicou. O dinheiro ainda não foi recuperado. O trio responderá por furto qualificado com abuso de confiança.

 

Litoral na Rede