O governo do Rio Grande do Sul anunciou nesta segunda-feira medidas para equilibrar as contas e uma delas é sobre o IPVA. O imposto de 2020 deverá ser pago apenas entre os dias 6 e 30 janeiro e não haverá possibilidade de parcelamento. Os únicos descontos concedidos serão o do bom motorista (de 5 a 15%) e do Nota Fisca Gaúcha (de 1 a 5%). 

O secretário da Fazenda, Marco Aurélio Cardoso, anunciou um programa de refinanciamento da dívida do ICMS (com redução de até 90% de juros e multas). O Piratini estima arrecadar R$ 450 milhões com a negociação das dívidas do ICMS. O programa começa a valer em 6 de novembro e vai até 13 de dezembro.  

CORREIO DO POVO *Com informações do repórter Gustavo Chagas 

FOTO: Divulgação/Sefaz