A Brigada Militar (BM) precisou ser acionada na manhã desta terça-feira (5), para atender uma tentativa de homicídio na região central da cidade. Segundo a BM, um homem armado com uma faca teria esfaqueado um pedestre. O crime ocorreu na Rua José Bonifácio, em frente a uma lotérica.

Os Policiais Militares (PMs) chegaram ao local e imediatamente iniciaram as buscas pelo agressor. O indivíduo foi localizado a poucas quadras dali, na Avenida Barão do Rio Branco, próximo a outra agência lotérica. Ao ser abordado pelos PMs, o homem tentou reagir e atacar os agentes com a faca, os quais precisaram se defender e atiraram contra o criminoso.

Ferido com dois tiros no abdômen, o homem precisou ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Hospital Nossa Senhora dos Navegantes. Porém, não resistiu aos ferimentos e acabando morrendo. Conforme a BM, a vítima, identificada como Michael Patrick Gonçalves Castilhos, de 30 anos, possuía diversos antecedentes criminais por tráfico de drogas, furto, roubo, desacato e desobediência.

Já o homem esfaqueado, um idoso de 79 anos de idade, também precisou ser levado ao Hospital da cidade, com um ferimento na cabeça. De acordo com a Brigada, ele passou por atendimento e foi liberado. O idoso chegou a relatar aos policiais que não conhecia o agressor e que teria sido atacado logo após ter saído de uma agência lotérica. A polícia segue investigando o crime.

CRIME SEMELHANTE

No último dia 27 de dezembro de 2020, um crime semelhante ocorreu no balneário de Quintão, em Palmares do Sul. Dois idosos foram atacados por um homem armado com uma faca, quando caminhavam pela Rua Epitácio Pessoa. A mulher de 61 anos de idade e homem de 82 anos de idade precisaram ser socorridos e foram levados ao Posto de Saúde de Palmares. Devido a gravidade dos ferimentos, o homem precisou ser transferido para o Hospital de Tramandaí. Felizmente, ele já foi liberado e se recupera em casa.

Na ocasião a polícia não conseguiu localizar e nem identificar o autor do crime. De acordo com a BM, testemunhas relatam que o agressor aparentava ter transtornos mentais. Agora, a polícia vai investigar se os crimes ocorridos em Palmares e Torres tem ligação e se teriam sido cometido pelo mesmo indivíduo.

Foto: BM