A Brigada Militar (BM) prendeu na tarde desta quinta-feira (18) um homem após ter agredido uma mulher. Os policiais foram acionados pela vítima e se deslocaram até a residência onde mora o casal, localizada na Rua Major João Marques.

Segundo informações, o casal vive junto a mais de 19 anos e nesse período a vítima relatou ter recebido diversas ameaças e agressões, porém ela não deseja entrar com processo judicial. A mulher solicitou apenas medida de proteção.

O casal foi levado Departamento Médico Legal (DML) para realizar exames de lesão corporal e posteriormente a Delegacia de Polícia para registro de ocorrência.

TENTATIVA DE ESTUPRO

Ainda nesta quinta-feira (18) um homem, de 38 anos, foi preso após tentativa de estupro no município de Imbé. O caso vinha sendo investigado desde março desse ano, quando o indivíduo teria tentado abusar de sua enteada, uma jovem de 16 anos de idade.

A medida cautelar foi decretada apenas agora tendo sido expedido o mandato de prisão preventiva. O preso foi interrogado e conduzido a Penitenciária Modulada Estadual de Osório, onde vai permanecer à disposição da Justiça.

VALE RESSALTAR

A Polícia Civil (PC) de Osório inaugurou nesse ano a sala do projeto RAMO (Rede de Acolhimento à Mulher e ao Ofensor) com o objetivo de realizar tratamento psicológico das vítimas de violência doméstica e contra a mulher, além de buscar a recuperação do ofensor.

O delegado João Henrique Gomes de Almeida acredita que esse espaço vai ajudar não só no acolhimento das vítimas, mas também como estímulo para mais mulheres realizarem denúncias de agressão ou abuso contra elas.

Não se esconda, não se cale, não se omita! Denuncie os maus tratos. Essa é a mensagem que a Polícia Civil passa, não apenas para as mulheres da cidade, mas para as de toda a região.

O RAMO é um projeto idealizado pela PC local, em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado, a Ordem dos Advogados do Rio Grande do Sul (OAB-RS), a prefeitura osoriense e o campus da Unicnec.


There is no ads to display, Please add some