A barra do Rio Tramandaí, local impróprio para banho, registrou, nesta terça-feira, a segunda morte por afogamento deste verão. Populares encontraram o corpo de um homem boiando no canal do Rio Tramandaí, entre Imbé e Tramandaí. Bombeiros, salva-vidas e o SAMU foram acionados, retiraram a vítima da água e a ainda tentaram reanimá-la, mas ela não resistiu. O cadáver foi localizado por volta das 18h.

Testemunhas informaram à Polícia Civil que o homem pulou da ponte Giusepe Garibladi, no limite de Imbé e Tramandaí. Ele foi identificado como Alexandre Ferreira, de 33 anos.

No dia 26 de dezembro, outro banhista desapareceu no Rio Tramandaí e o corpo foi localizado no dia seguinte na beira da praia de Imbé. Desde o início da Operação Golfinho, foram registradas 11 mortes por afogamentos no mar, rios e lagoas do Rio Grande do Sul. Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, seis óbitos ocorreram em locaias impróprios para banho.

 

 

Litoral na Rede